IMG_1643

FacebookTwitterWhatsAppPinterest

Está com tempo? Depois de fazer todos os passeios “obrigatórios”, ainda tem muita coisa para se fazer em Istambul.

Mas antes, veja o post “10 passeios imperdíveis em Istambul – Turquia

. Banho turco (hammam): não tomei o famoso banho turco, não sei porque a descrição não me deixou com vontade. Mas conheço pessoas que gostaram muito. Dois lugares altamente recomendados para o hamam: Çemberlitai Hamami e Cagaloglu (ambos na parte histórica).

. Palácio Dolmabahçe: exuberante (já usei demais essa palavra, mas aqui é tudo assim mesmo… exuberante!), é o mais decorado e suntuoso palácio de Istambul. Aqui viveram sultões e o último califa. Após a queda do Império Otomano, tornou-se a residência de Ataturk, fundador da República Turca, (modernizou a Turquia e é considerado um verdadeiro “herói”,  o “pai dos turcos”). Fica no lado asiático à beira do Bósforo. Entrada: 30 TL

. Torre de Gálata: é  a mais antiga torre de Istambul, construída em 528 pelo rei de Bizâncio. Mede 61 metros de altura, mas tem elevador e depois um lance de escada. Na parte de cima  da torre há um restaurante e uma sala de festas. Belíssima vista do Bósforo, dos terraços, da cidade, especialmente na hora do pôr-do-sol.

.  Mesquita  Yeni Cami  ( Mesquita Nova): muito grande e muito bonita, fica no centro de Istambul próximo ao Mercado Egípcio.

. Aqueduto  de Valens: Construído em 375, era utlizado como meio de transporte de água proveniente da floresta de Belgrado. Passei por ele de carro e já valeu a pena a visão.

. Chora Museum  (Kariye Camii): é a famosa igreja de San Salvador in Chora (Kariye Çıkmazı). Não fui a essa igreja, é um pouco distante, mas depois me arrependi pois dizem que vale a visita!

. Experimentar as comidas de rua: tem muitas opções… suco de romã, doces típicos, café turco e essa fruta/semente que não me lembro o nome, mas que é torrada e vendida em carrinhos de rua. Uma delícia.

IMG_2933

Comida de rua – Turquia 


Mais dicas sobre a Turquia: